8 mitos sobre o cabelo que continuamos acreditando

 

Curly hair model

Nós inventamos internet, redes móveis e sociais ... mas existem 8 mitos sobre o cabelo que continuamos a acreditar como há trinta anos.

 

1) O cabelo continua a crescer após a morte

Tão típico dos filmes de terror e argumento de tantas conversas, a verdade é que não. Se você morrer, todo o seu organismo morre com você. Com o qual, do mito sobre o crescimento de cabelo (e unhas) dos mortos, não há nada da verdade. Tão simples como nenhuma célula nova de qualquer tipo é produzida a partir do "Além".

A explicação para esta lenda é simples: a pele faz backup e isso faz com que pareça que o cabelo é mais longo. Lamentamos ter enganado sua conversa no Dia das Bruxas.

 

2) Com estresse ficamos cinza

Eles dizem que antes do estresse de ser decapitado, Marie Antoinette foi até a guilhotina com a cabeça totalmente cinza. Existe controvérsia sobre isso. É verdade que o estresse e as preocupações podem afetar o funcionamento do nosso metabolismo, mas a partir daí para tornar nosso cabelo branco ... A explicação mais plausível? Nessas difíceis situações psíquicas, os primeiros cabelos que caem são precisamente aqueles que têm pigmento, isto é, os mais escuros. Assim, o cabelo cinzento é ainda mais visível. Sobre Marie Antoinette, lembremos que era normal vê-la em um palácio com uma história de perucas que ela certamente não usava no dia da morte dela.

 

3) Cortar o cabelo torna mais forte (mito dos mitos sobre o cabelo)

Oh, a dor neste caso é que esse mito continuamos acreditando porque ainda é veementemente defendido por profissionais de cabeleireiro. Cortar o cabelo não tem nenhuma ação sobre o folículo. Nem fortalece nem enfraquece (e o mesmo se aplica à depilação). Se você cortar, as extremidades serão limpas e parecerá melhor. Mas você não conseguirá crescer mais rápido ou torná-lo mais forte. Inscreva-se na cabeça dos recém-nascidos e aqueles que se afegão que fazem os seus pais.

Se você notar que sua juba é mais fraca, é melhor consultar um especialista e informar sobre tratamentos como o Pill Food.

Se você cortar o cabelo, curará as dicas e ficará melhor. Mas você não conseguirá crescer mais rápido e mais forte

 

4) Placas e ferros de curling não podem ser usados ​​em cabelos molhados

Sim e não. É verdade que eles estragam a fibra se estiver molhada, porque leva mais tempo para secar, requer mais passes e, portanto, a agressão é maior para a cutícula. Mas tudo é inventado. E isso inclui as placas que podem ser usadas com cabelos úmidos.

 

5) Arracarse o cabelo cinzento nos faz mais

Outro mito se estendeu e continuamos acreditando. À medida que envelhece, o folículo capilar produz menos melanina, o pigmento responsável pela coloração dos cabelos. Se você tomar um, você obterá mais. Mas não porque você tenha tirado isso, mas porque o envelhecimento é um caminho sem retorno. Se você tiver uma bengala, outros virão. Claro, arrancá-los pode ter outro efeito: danificar o folículo piloso e não causar mais cabelo para sair.

 

6) Minha calvície é hereditária e não posso fazer nada

É verdade que a alopecia hereditária não pode ser prevenida. Mas isso não significa que tudo esteja perdido. Há coisas que estão em sua mão, como hábitos saudáveis ​​(boa nutrição, pouco ou nenhum álcool) e colocando-se nas mãos de especialistas. Se você duvida, você pode começar primeiro fazendo nosso teste de cabelo. Com os resultados, podemos começar a estudar o seu caso.

 

7) A cebola ajuda a evitar que o cabelo caia

A cebola é um alimento rico em minerais, cálcio, magnésio, potássio, vitamina C e vitamina B6. Ele também possui altos níveis de enxofre que mantém o couro cabeludo limpo da caspa e raízes sem obstruções. Este enxofre também revitaliza e estimula o crescimento dos folículos. Existem empresas de cosméticos e dermocosméticos que lançaram algum shampoo com cebolas em sua formulação. No entanto, a queda do cabelo androgenético não é evitada. Se o seu cabelo cair, mais do que um shampoo, é melhor consultar os nossos especialistas.

 

8) Tingir muitos cabelos causa calvície

Não há registro de nenhuma relação entre tintura e queda. O que pode ser produzido é um enfraquecimento da fibra capilar, uma vez que os corantes (especialmente aqueles que levam à descoloração), alteram as propriedades físico-químicas dos cabelos e tornam-no mais fraco e quebradiço. Isso faz com que ele quebre mais facilmente. É precisamente esta quebra que produz a perda de volume, mas não uma queda.